5 funções do uso de drones na agricultura

Sumário

A agricultura de precisão é aperfeiçoada dia após dia, e o uso de drones na agricultura tem a ver muito com isso.

Se você está interessado em saber mais sobre o uso de drones na agricultura, chegou ao local certo, pois hoje trataremos sobre esse assunto!

Drone pulverizando uma plantação com árvores ao fundo

O que são drones para agricultura?

Nas últimas décadas, a tecnologia não fez nada além de avançar, impregnando todos os setores de produção na sociedade. Em alguns casos, a inovação parece feita por magia.

Tal é o caso da agricultura de precisão, que procura equilibrar a produção com a proteção do solo e o uso eficiente da água, coletando dados e medições sobre as culturas graças a sistemas informáticos de software, e utiliza como meio diferentes tecnologias como satélites, imagens, dados geográficos e drones.

Os drones agrícolas acabam por ser de grande ajuda para esta técnica de agricultura e o seu uso está aumentando entre os produtores.

É frequente a pergunta do que é um drone: é simplesmente um veículo aéreo não tripulado. O seu manuseio é controlado remotamente, ou com aplicações para smartphones e tablets. Eles possuem GPS, câmeras e sensores de todos os tipos.

Os drones na agricultura são o complemento ideal para as imagens de satélite, pois ao usar as informações obtidas pode cumprir vastas funções: desde o monitoramento das culturas para a prevenção de pragas e doenças, o controle da irrigação até a vigilância da propriedade.

5 funções do uso de drones na agricultura

drone usando tecnologia de mapeamento aéreo em uma fazenda agrícola.

Plantio

Embora ainda não seja muito comum, alguns fabricantes criaram sistemas capazes de disparar vagens que contêm sementes e nutrientes para plantas no solo já preparado. Isso reduz profundamente os custos de plantio.

Supervisão

Um dos maiores obstáculos na agricultura é o monitoramento ineficiente de culturas em extensos campos. Este desafio é agravado pelo aumento de padrões climáticos imprevisíveis que levam a maiores riscos e custos de manutenção.

Os drones para a agricultura podem ser usados para desenvolver animações de séries de tempo para mostrar o desenvolvimento preciso do cultivo, revelando ineficiências de produção e, portanto, uma melhor gestão do cultivo.

Pulverização

Os drones de pulverização agrícola podem ajustar a altitude com uma mudança na topografia e geografia.

A sua capacidade de digitalizar e modular a sua distância do solo permite-lhes pulverizar a quantidade correta do líquido desejado de forma uniforme em tempo real. A pulverização com drones também provou ser mais rápida do que outros métodos tradicionais.

Irrigação

Os drones equipados com sensores hiperespectrais, que a imagem ilustra a composição química por meio de imagens feitas a partir de informações espectrais coletadas por um espectrômetro. Diferente de um espectrômetro comum, a Câmera capta milhares ou centenas de milhares de espectros, ao invés único espectro. Outra possibilidade é o drone ser equipado com sensores térmicos podem identificar as partes do campo que estão secas. Desta forma, as áreas identificadas podem ser atendidas para que a irrigação seja pontual e precisa.

Avaliação da saúde

Alguns drones para agricultura são capazes de digitalizar culturas usando luz visível e infravermelho próximo, identificar as quantidades de luz verde e infravermelho próximo refletido pelas plantas.

Estes dados são então utilizados para desenvolver imagens multiespectrais que representam a saúde da planta. Estas imagens podem ser usadas para rastrear a saúde das culturas e para monitorar a administração prévia se alguma doença for descoberta.

Vantagens do uso de drones na agricultura de precisão

Drone branco pulverizando uma plantação numa manhã com árvores desfocadas ao fundo

Uma vez analisadas e comparadas todas as informações fornecidas pelos drones, o agricultor pode tomar decisões específicas para corrigir quaisquer anomalias e tentar aumentar o rendimento da sua plantação e, portanto, a sua rentabilidade.

Os mapas que podem ser gerados com diferentes indicadores de vigor vegetativo permitem prever situações que antigamente eram muito difíceis de reverter porque não havia tempo para reagir. No entanto, com estes dados, os agricultores podem agora:

  • Reduzir custos otimizando o uso de água, os fertilizantes e fitossanitários a serem aplicados.
  • Gerir o estresse hídrico da cultura.
  • Detectar pragas e doenças e decidir o tipo de tratamento mais adequado.
  • Planejar melhor as colheitas.
  • Planejar os tratamentos necessários (poda, prevenção de pragas).
  • Aumentar a produção e a qualidade do cultivo.
  • Estabelecer zonas de qualidade.
  • Reduzir a poluição.
  • Gerar históricos para gerir com eficiência as futuras colheitas.
  • Eliminar pragas de forma segura, rápida e respeitando o meio ambiente.
  • Supervisionar as áreas fumigadas.
  • Gerar inventários.
  • Realizar inspeções de qualidade.
  • Realizar estimativas de áreas afetadas por geadas e outras causas.

Drones para melhorar o desempenho de suas culturas

Drone pulverizando uma plantação com um mar ao fundo

Tudo o que foi dito anteriormente pode ser resumido na melhoria do rendimento das suas culturas. Os benefícios fornecidos pelo drone não são apenas capazes de melhorar a produtividade, mas de revolucionar o papel do setor agrícola.

Além disso, graças à sua precisão, as atividades da agricultura permitem aumentar os parâmetros de sustentabilidade no setor agro. Desta forma, poderíamos falar do drone como o grande aliado da agricultura sustentável.

A agricultura inteligente abriu um mundo de possibilidades para o futuro da sustentabilidade. Tudo aponta para uma ferramenta decisiva no setor, mas será o tempo que nos trará as melhores respostas.

Logo do site Eagle Drone pro na cor branca